2 dias em 1

Dia 14 (12/09) – Em casa e intoxicada

 

Já fui dormir com certo desconforto, certamente digestivo, pois nossa dieta vem sendo baseada em carboidratos brancos. Acordei pior ainda, não da barriga, mas como se estivesse meio congestionada das vias superiores, meio enjoada, cansada…

Fomos ao metro para enfim fazer nossos cartões, e conhecemos dois brasileiros que moram na outra praça aqui perto, praça de Londres. Combinamos de sair a noite, para a festa do Erasmus. Tiramos várias fotos, e almoçamos numa pastelaria aqui perto. Como sempre, tudo vem com arroz, e eu ñ gosto de arroz, então meu almoço não foi feliz… pra completar, vieram mendigas com bebês muito pequeninos ou ainda grávidas, e nos deixaram com o coração partido, mas pelas exigências feitas a senhora da outra mesa que se ofereceu para pagar o almoço, acredito que não estava tão necessitada assim.

A senhora da mesa a frente, contra o vento, começou a fumar, e encontrei a causa do meu mal estar: estou saturada de cigarro! Voltamos para casa, tomamos sorvete, resolvi as coisas na internet e lavei minhas roupas.

Depois de um cochilinho, nos arrumamos, jantamos e eu estava bem disposta a dormir, mas Jose me convenceu a sair com o pessoal…

 

Dia 15 (13/09) – Na Naite

 

…Me produzi, e saímos. Descemos em Baixa-Chiado, subimos até o miradouro e encontramos com os meninos e mais tantos outros Erasmus. Descemos para o Cais do Sodré, e fomos até a boate Ocean Beach, já na porta estava LOTADA! Depois de um apertozinho bem brasileiro, conseguimos entrar. Dançamos até umas 4h da madrugada, aquela neblinazinha do cigarro sobre nossas cabeças, mas é muito bom ouvir uma musiquinha pra animar e ver gente diferente. O melhor é que a entrada de 8 euros vira consumação!

Voltamos de autocarro (ônibus), e fomos “dormir” as 5h pra acordar as 7h e ir a FCUL. Antes disso, paramos no metro pra pegar nosso cartão Lisboa Viva, que nos dá direito de andar infinitamente em todos os transportes públicos de Lisboa (exceto barco e comboio) por 30 dias, pagando 35 euros pra região metropolitana, e 40 euros incluindo a região de Odivelas. Após nos perder um pouco na FCUL, falamos com a coordenadora geral, como o pessoal da matrícula havia indicado, mas levamos um pequeno fora, pois esta disse que não era com ela, mas sim com o coordenador da EEA (Engenharia da Energia e do Ambiente). Tiramos a foto pra por no sistema, encontramos Darlan na medicina dentária, que mais uma vez não conseguiu resolver nada, comemos no metro, descemos em Alvalade e por sorte o metro dá de frente com a REMAX. Conversamos com o corretor, que encontrou algumas opções para nós, e ficou de ligar marcando a visita.

Voltamos para casa, tiramos um bom cochilo. Acordamos, fomos jantar no Pingo e comprar algumas coisinhas, pois nossa geladeira já estava vazia, visitamos Olivais/Moscavide a noite para confirmar que realmente é deserto, e voltamos para casa.

Ficamos papeando até altas horas, o pessoal dormiu e eu fiquei falando sozinha até dormir também.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: